20 de fevereiro de 2012

Além.

Lágrimas ganham vida
e expressam dor.
Desabafam.
Às vezes, tão frágil
Frágil em demasia...
Passeia por seu corpo
Sente o êxtase de ser mulher.
Talvez há muito tempo o fosse
São tantos fatos, afinal
Que compõem o |SER| mulher.
Como definir?
Há uma beleza além...
Há um sentido maior.
São tantos os sonhos que
tem, sonhos grandiosos
Sonhos que vão tão além do 'eu',
Sonhos que dão sentido à ela, à sua vida
Que a tornam forte novamente
Que a tornam humana, mulher.
Dá conselhos a si mesma, repete
Pensa, pensa...
Fica rouca, louca
confusa,
mas volta a acreditar.
A vida é pequena, bela...
Como poderia desistir de tentar?
Há algo tão sublime a conquistar...


5 comentários:

  1. lindo lindo!

    espero que tudo que você esteja sonhando em conquistar seja alcançado ao seu tempo ;)...

    ótimos dias, bjo!

    ResponderExcluir
  2. Absolutamente... bonito!
    E o que você quer conquistar, mulher? Que mais, afinal?

    Tem uma coisa que eu quero: quero escrever contigo de novo.

    ResponderExcluir
  3. que lindo, moça... "Como poderia desistir de tentar?"
    Não poderia! Até porque a vida está no caminho e não na chegada...

    um beijo

    ResponderExcluir